VIagens

Passeio Panorâmico na Usina Itaipu

A Usina Hidrelétrica de Itaipu é líder mundial em produção de energia limpa e renovável. Pertence ao Brasil e Paraguai, e fornece em torno de 15% da energia consumida no Brasil e 75% no Paraguai. Em 1975 começou a ser construída, e só foi concluída em 1985, quando começou a gerar energia. A missão da Usina é: “Gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade social e ambiental, impulsionando o desenvolvimento econômico, turístico e tecnológico, sustentável, no Brasil e no Paraguai”.

(mais…)

Templo Budista em Foz do Iguaçú

Uma das atrações de Foz do Iguaçú é o Templo Chen Tien, que começou a ser construído no ano de 1996 pelo mestre budista Tong Zhong. Fica localizado em uma parte alta da cidade, proporcionando uma bela vista panorâmica. Um motorista nos levou até lá, e disse que há grupos que praticam ioga ali, gostaria de poder ter feito isso, deve ser incrível. No mesmo ano de 1996, e também em Foz do Iguaçu, foi criada a Ordem Budista Internacional, com a finalidade de propagar os ensinamentos de Buda na América do Sul, é essa a instituição que mantêm do funcionamento do Templo até hoje.

(mais…)

Compras no Paraguai

Geralmente quem visita Foz do Iguaçu aproveita para fazer umas comprinhas no Paraguai. Ciudad Del Este fica na fronteira do Brasil/Paraguai, há poucos minutos de Foz do Iguaçu, e possui uma infinidade de lojas, shoppings e camelôs. O hotel em que me hospedei (São Rafael) fica no centro de Foz e na rua dele passa um ônibus de linha (R$ 5 reais) que vai até Cidade Del Este, peguei o ônibus e em torno de 30 minutos cheguei ao Paraguai, não me pediram identificação e nem fui revistada na fronteira. Algumas companhias de viagens como CVC oferecem o translado, uma outra opção é pegar táxi.

(mais…)

O que levar na bagagem de mão

Amo viajar, então sempre que surge a possibilidade eu faço minha malinha e vou. Mas fazer as malas não é tão simples assim. Eu sempre passava horas decidindo o que precisaria levar e depois pensava: “o que será que eu esqueci dessa vez?”. Mas de uns tempos pra cá comecei a listar todas as coisas, e isso tem me ajudando muito, quando surge uma viagem eu vou lendo a anotação e adicionando na bagagem. Nesse post vou mostrar tudo o que eu levo na bolsa/mochila de mão. Acredito que nem todos os itens sejam necessários para todo mundo, mas pode ajudar muita gente.

(mais…)

Compras de Artesanato na Redenção

Domingo é dia de passear, relaxar, curtir a família, os amigos, sair ao livre, e também de ir às compras. A Feira de Artesanato do Parque da Redenção acontece desde 1982, e todo domingo atrai pessoas de todas as idades, turistas e locais. A variedade de produtos é incrível: roupa para bonecas, móveis rústicos, fantoches, coleiras para cachorros, sapatos, bolsas, bijuterias, objetos de decoração, utensílios de cozinha, tapetes… Fiz algumas fotos das minhas bancas preferidas para mostrar o que se encontra na feira.

(mais…)

Paris: Museu Picasso

Arte é uma mentira que nos permite perceber a verdade

Pablo Picasso já nasceu artista, seu pai era pintor e professor de arte e foi com ele que aprendeu os primeiros traços. Começou a fazer quadros com 7 anos e quando atingiu 13 anos já era melhor que seu pai e inaugurava sua primeira exposição. Apesar de ter nascido na Espanha, passou a maior parte de sua vida na França. Foi lá que fundou o movimento cubista junto com o artista Georges Braque, em 1909. Depois da morte de Picasso em 1973, a família doou seu acervo para o Estado, e com ele foi criado o Museu Picasso.

(mais…)

Peru: Conhecendo Qorikancha, o Templo do Sol

Este templo foi um centro religioso, astrológico e político da cidade de Cusco, mas hoje abriga o Convento de São Domingo. Qorikancha, além de ter sido literalmente coberta de folhas de ouro, possuía várias estátuas de ouro com representações da cultura Inca: espigas de milho gigantes, lhamas, o sol, entre outros. Infelizmente tudo foi rapidamente destruído com a chegada dos espanhóis e o local, transformado em um espaço católico.

(mais…)

Peru: conhecendo Moray

Este conjunto arqueológico era utilizado para experimentações agrícolas, em cada nível do solo existem diferentes pressões e temperaturas, a diferença de temperatura entre os níveis inferiores e superiores são de até 15ºC. Então os incas testavam diferentes sementes em diferentes níveis até descobrir onde seriam as melhores plantações para cada tipo de alimento.

(mais…)