Quem diria que no centro de Porto Alegre houvesse um bistrô tão charmoso! É claro que eu já tinha ouvido falar muito sobre o Del Barbiere, mas pra mim parecia uma lenda urbana, já que nunca tinha notado a fachada do restaurante, na rua Jerômino Coelho. Mas esse não é um restaurante de entrar por acaso depois de uma caminhada distraída ou um dia de afazeres na rua. O caso é que o Del Barbiere não é um restaurante comum, além de ter uma culinária criativa, está quase sempre lotado, é preciso planejar a ida e reservar.

O cardápio da semana é sempre anunciado na página do Facebook, no dia que eu fui o prato principal era peito de frango (o mais macio que eu já comi!), e além disso teve couvert, entrada, e sobremesa. Para aproveitar a experiência completa o almoço dura em torno de uma hora.

O couvert foi de pãezinhos com azeite e abobrinha. Depois veio a entrada de arroz japonês com moranga caramelada no saquê, cogumelo e alga. Os ingredientes combinaram muito bem, com exceção do coentro, que eu não gosto e consegui separar facilmente. Além de linda, extremamente gostosa! Esse foi o prato mais criativo e surpreendente do menu do dia.

Eu costumo não beber durante as refeições mas a dica da casa é o chá gelado natural. Aliás, percebi que eles prezam por usar produtos naturais e também possuem um certificado de restaurante sustentável. Pesquisando um pouco sobre o chef e dono do Del Barbiere (Marcelo Schambeck), descobri que a partir da busca por alimentos locais ele criou o projeto Identidade RS, um blog onde conta a história de alguns produtores gaúchos.

Voltando ao menu, o prato principal foi frango grelhado com molho de gengibre, repolho tostado, batata assada e brócolis ramoso. O melhor peito de frango que já comi. Incrivelmente suculento e macio! Cheguei a perguntar qual era o segredo e me contaram que a carne fica no forno aos 70ºC. O meu fogão não tem uma temperatura mínima tão baixa, mas ainda quero tentar fazer em casa.

Confesso que não esperava um prato tão bem servido. Às vezes tenho a ideia de que quando a comida é elaborada, vai vir servida em porção pequena, mas nem sempre é assim. E como teve o couvert e a entrada antes, a quantidade foi mais do que o suficiente. Para finalizar, a sobremesa foi pudim com calda de laranja.

O menu do almoço completo custa R$ 55, e vale cada centavo. Além da comida ser maravilhosa o ambiente é muito aconchegante, tem luz baixa e uma decoração moderna mas ao mesmo tempo com elementos vintage, que resgatam memórias de infância. Quem ainda não conhece, tem que fazer essa ‘descoberta’ do centro de Porto Alegre, com certeza irá se encantar com a experiência tanto quanto eu.

http://www.delbarbiere.com.br
Rua Jerônimo Coelho 188 – Centro Histórico

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on Tumblr

1 Comment on Del Barbiere: o bistrô quase secreto

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *