Este templo foi um centro religioso, astrológico e político da cidade de Cusco, mas hoje abriga o Convento de São Domingo. Qorikancha, além de ter sido literalmente coberta de folhas de ouro, possuía várias estátuas de ouro com representações da cultura Inca: espigas de milho gigantes, lhamas, o sol, entre outros. Infelizmente tudo foi rapidamente destruído com a chegada dos espanhóis e o local, transformado em um espaço católico.

qorikancha-convent

O convento foi erguido acima das pedras Incas que resistiram aos ataques.  A arquitetura é uma mistura de características Incas, pedras grandes perfeitamente encaixadas, com o estilo espanhol de usar muitos arcos e colunas. Como em todas as construções Incas, aqui as pedras são encaixadas uma nas outras como uma quebra-cabeça, e se equilibram sem o uso de cimento. Um fato muito interessante é que as pedras  permaneceram intactas após a ocorrência de três terremotos, enquanto que a edificação espanhola sofreu estragos a cada tremor.

qorikancha-stones

No subsolo dos jardins do Convento, e com entrada pela Avenida El Sol (uma das principais da cidade) existe um pequeno museu chamado ‘Museu Sitio de Qorikancha‘. Nele você encontra objetos da civilização, uma breve explicação da história Inca e uma maquete do que se acredita ter sido o Templo do Sol nos seus tempos áureos.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on Tumblr

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *